Home / Destaques / CNC mantém expectativas de alta para vendas de Natal

CNC mantém expectativas de alta para vendas de Natal

O próximo Natal deverá registrar a menor taxa de crescimento do volume de vendas desde 2005 e movimentar R$ 31,8 bilhões. A primeira previsão da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), feita em agosto (+4,5%), foi revisada para cima em setembro (+4,8%) e, novamente, elevada em outubro (+5,0%), mantendo-se nesse patamar desde então.

A principal razão para a manutenção das expectativas nos últimos dois meses está na possibilidade de reaceleração dos preços no varejo nos três últimos meses do ano, hipótese reforçada após a divulgação da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) referente a outubro. Além disso, o encarecimento do crédito ao consumidor e a evolução mais moderada do mercado de trabalho no início do quarto trimestre reforçam a previsão de um Natal com crescimento mais modesto em 2013. Embora o crescimento das vendas do varejo tenha se mantido em relação à avaliação anterior, alguns ramos do varejo tiveram suas expectativas revisadas para baixo – foi o caso de móveis e eletrodomésticos (de +8,4% em novembro para +7,5% na previsão atual), vestuário e calçados (de +4,0% para +3,5%) e artigos de comunicação e informática (de +5,8% para +5,5%). Por outro lado, as expectativas quanto ao volume de vendas de combustíveis e lubrificantes foram revisadas de +6,1% para +8,2%. Os demais segmentos do varejo não sofreram revisões superiores a 0,1%.

Veja também

Trevisan Leilões na BAND Cidade

O  leilão Walmart realizado na Trevisan Leilões no dia dos pais de 2016. Confira a …

Deixe uma resposta